Telefone: (+351) 219 154 600

Câmara Imagem Térmica Ti160 Thermo Kwik

A câmara de imagem térmica Ti160 Thermo Kwik integra um termómetro clínico sem contato para medição da temperatura na testa, com um grau de precisão de 2ºC, que permite confirmar se o sujeito suspeito, monitorizado e adquirido como alvo através da imagem térmica, está ou não febril.


Descrição

CARACTERÍSTICAS

É comum pensar-se que a câmara de imagem térmica, desenvolvida para uso industrial ou para operações de combate a incêndios, que opera por tecnologia de fusão e com software analítico, é adequada para esta função, mas tal não corresponde à realidade.

TAXA DE DIGITALIZAÇÃO

É a taxa digitalização que determina a velocidade na obtenção de imagens, expressa em Hz (Hertz), sendo que a frequência de 50Hz é quase contínua enquanto 9Hz é lenta e quase parada. Para varrimento massivo de grandes fluxos de pessoas ou grandes multidões, p.e. em aeroportos, portos, ajuntamento ou fluxos de pessoas numa entrada, num centro comercial, em áreas industriais ou na entrada ou mudança de turnos de trabalhadores é fundamental o uso de uma câmara de imagem térmica com taxas de varrimento de 50Hz.

SAÍDA SINAL VÍDEO PAL/NTSC PARA TV/LCD

A maior parte das câmaras de baixo preço não integram saídas de vídeo para ligação a TV/LCD, mas o operador deste tipo de sistemas necessita de ter uma visão sobre monitores LCD com grandes dimensões a todo o momento e, como tal, a possibilidade de injetar os sinais nestes monitores PAL/NTSC é uma necessidade incontornável.

DESCODIFICAÇÃO DOS PIXÉIS

Pixéis correspondem à resolução de uma imagem digital e a resolução não é mais que a clareza de um fotograma ou nitidez da imagem, sendo que quanto mais forem os pixéis mais dispendiosa será uma câmara térmica, pois este é um fator determinante do seu custo, sem contrapartida em ganhos, pois entende-se que a resolução 160x120 pixéis da Ti160 é razoavelmente boa para digitalizar a temperatura da pele humana, mantendo assim o seu preço dentro de valores razoáveis.

SENSIBILIDADE TÉRMICA

A sensibilidade térmica, ou do inglês NETD (Noise Equivalent Temperature Difference) é a medida da sensibilidade de um detetor de radiação térmica no espetro dos raios infravermelhos. Quanto menor for o número melhor é a deteção (geralmente na região dos 8mK a 200mK). A câmara de imagem térmica Ti160 Thermo Kwik tem uma sensibilidade térmica de 0,08C a 30ºC.

EXATIDÃO

A maior parte das câmaras de imagem térmica disponíveis no mercado não são suficientemente exatas para poderem determinar condições patológicas numa pessoa enferma, especialmente a uma distância de alguns metros em relação ao alvo, pois são muitas as variáveis que afetam o resultado das medições. A câmara Ti160 Thermo Kwik incorpora uma ferramenta especial para evitar o trabalho de adivinhação.

ANOTAÇÕES PRECIOSAS

É fundamental conhecer bem a temperatura corporal dos humanos e as suas variações, uma área que a IRTEK domina inteiramente porque é uma empresa que se especializou nas tecnologias baseadas nos infravermelhos e é enquadrada por pessoas que conhecem as técnicas.

O uso bem-sucedido dos Sistemas de Imagem para estados febris depende, não apenas da tecnologia de infravermelhos que os suporta, mas também da sua implementação no campo e do conhecimento das condições patológicas dos humanos e como estas funcionam.

Adicione um comentário