Telefone: (+351) 219 154 600

Aparelho Respiratório Emergência Fuga EEBD-M-20

O aparelho respiratório de emergência EEBD-M-20 está adequado para:

Quem se encontre a trabalhar em atmosferas potencialmente perigosas devido a contaminações inesperadas;

Este aparelho não só permite a sua proteção como também o seu isolamento da atmosfera circundante para assegurar a sua fuga para locais seguros;

Este tipo de aparelhos recorrem ao oxigénio puro armazenado num cilindro;

Além disso operam em circuito fechado, basicamente usam o ar expirado;

Após expurgação do CO2 este segue para um saco pulmão;

Com adição de oxigénio puro no sentido de restituir o teor de O2 normal – 20,8% por volume.


Descrição

A proteção respiratória que recorre à utilização de equipamentos que funcionam a oxigénio puro tais como o aparelho respiratório de emergência para fuga EEBD-M-20 é crucial para quem trabalha em ambientes potencialmente perigosos devido a contaminações da atmosfera.

No entanto esta proteção pode ser oferecida por um aparelho respiratório cujo funcionamento se baseia em diferentes tecnologias nomeadamente: ar comprimido ou KO2 (óxido de potássio, cada uma delas com atributos específicos e limitações inerentes.

CARACTERÍSTICAS DO EQUIPAMENTO EEBD-M-20


O aparelho respiratório de emergência para fuga EEBD-M-20 ópera em circuito fechado;

Além disso tem um cilindro de oxigénio puro para abastecimento;

O aparelho respiratório EEBD-M-20 inclui um redutor de pressão e manómetro;

Assim como também contém um capuz para proteção da cabeça em Teflon transparente;

Este aparelho respiratório de emergência inclui uma boquilha para inalação e pinça para o nariz;

Por outro lado também têm um saco de pulmão para regeneração do ar respiratório;

Bem como a autonomia deste aparelho respiratório de emergência é de 15 a 32 minutos;

Concebido para ser colocado em caso de necessidade em menos de 10 segundos;

A grande vantagem deste aparelho respiratório de emergência é a longevidade 15 anos sem manutenção;

O aparelho EEBD-M-20 tem aprovação conforme EN-400 e NIOSH e com 12 aprovações por entidades licenciadoras para uso na Marinha, incluindo “Steering Wheel Mark”, Lloyd´s Register e ABS;

Por último possui marcação CE;

FATORES PREPONDERANTES NA SELEÇÃO DO EQUIPAMENTO

  • Peso

  • Dimensões

  • Autonomia para proteção respiratória (tempo médio)

  • Facilidade de operação

  • Manutenção e custos


Add a Review