Telefone: (+351) 219 154 600

Proteção Respiratória em Atmosferas Contaminadas

A Proteção Respiratória em Atmosferas Contaminadas é uma solução consistente, autónoma e sem limitações em termos de autonomia da fonte de ar, passa pelo uso de compressores de baixa pressão, portáteis, desenvolvidos especificamente para ar respiratório, que permitem alimentar continuamente uma Linha de Ar para 1 utilizador com a qualidade definida na EN 12021.

Ao contrário das Linhas Ar Respiratório suportadas por cilindros de ar contido a alta pressão (200 ou 300 bar) que, independentemente das capacidades destes, têm sempre autonomias relativamente reduzidas obrigando ao seu recarregamento quando as reservas de ar se esgota e o que só pode ser feito com compressores de ar a alta pressão próprios, cujo preço é muito elevado e regra geral não podem ser transportados para os locais de trabalho, os compressores de ar de baixa pressão, combinados com as peças faciais de proteção e outros dispositivos para controlo do ar, constituem uma solução prática, económica, fiável e segura, que permite o desenvolvimento dos trabalhos em contínuo.


Descrição

É comum a necessidade de se executarem trabalhos em ambientes contaminados com gases tóxicos, insuficiência de oxigénio ou poeiras em suspensão e como tal classificados como insalubres e de riscos mortais ou permanentemente incapacitantes. Obriga a uma análise de riscos, para se definirem as medidas destinadas a mitigarem o risco.

É obrigatório o uso de sistemas para proteção respiratória em atmosferas contaminadas, podendo estes tomarem várias formas, desde as máscaras filtrantes mais simples a outros sistemas, como por exemplo: Linhas Ar Respiratórias ou Aparelhos Autónomos Respiratórios Isolantes.

As Linhas Ar Respiratório, têm por objetivo isolar os utilizadores do ambiente e podem ser alimentadas a partir de linhas de ar industrial (não devendo para o efeito ser usado ar destinado a instrumentação pneumática), ou por cilindros para armazenagem de ar para alimentarem máscaras respiratórias com válvulas de chamada (também designadas como “reguladoras de pulmão”), uma condição essencial para se reduzir e controlar os consumos de ar, tendo em conta a limitação das reservas.

Cada uma destas soluções tem o seu enquadramento e espaço próprio com as limitações inerentes, basicamente constituídas pela natureza e concentração dos gases ou poeiras na atmosfera, teores de oxigénio disponíveis e tempo de duração dos trabalhos, diretamente dependentes da autonomia que os sistemas, que garantem a alimentação de ar, podem assegurar.

DESCRIÇÃO DO EQUIPAMENTO

Compressor de ar de baixa pressão, débito de 300 lpm, com sistema para purificação do ar, acionado por motor elétrico ou térmico, de acordo com as necessidades, sendo importante ter em conta a classificação de segurança da área onde deve ser operado de acordo com a Diretiva ATEX;

Mangueira de ar com o máximo de 30 m comprimento para condução do ar para o utilizador do equipamento respiratório;

Arnês para interligação da mangueira de alimentação às peças faciais, destinado a transferir para a cintura o esforço de arrastamento da mangueira, desviando-o assim da cabeça ou face;

Máscara pressão positiva, viseira panorâmica com válvula de chamada, quando tal se aplicar;

Linha ar T/A Line, para regulação do ar fornecido pelo compressor através da mangueira;

Unidade filtrante, AFU 300 ou AFU 600, se a linha de ar industrial não garantir a qualidade do ar conforme EN12021;

Peça facial ou de cabeça para proteção respiratória;

COMPRESSOR AR BAIXA PRESSÃO

Portátil, autónomo, grande robustez, preparado para trabalhar em ambientes de grande agressividade, para produção de ar respiratório com a qualidade definida na EN 12021, acionado por motor elétrico mono ou trifásico, com opção ATEX para operar em ambientes potencialmente explosivos, ou motor térmico a Diesel ou Gasolina, bloco compressor com 3 cilindros, arrefecido por ar, pressão máxima 10 bar, pressão trabalho 8 bar, débito nominal 300 lpm, integrando sistema filtragem com capacidade para regenerar cerca de 30m3 ar (cerca de 2 horas de funcionamento contínuo do compressor), base tubular constituindo um depósito para armazenagem de ar, incluindo todos os dispositivos para controlo do ar e manómetro, dotado com 1 eixo com rodados para permitir a sua deslocação, pegas tubulares nos dois extremos para movimentação, fornecido com cabo alimentação elétrica 3m com ficha, 1 saída primária com ligação rápida e mangueira para transporte do ar com 10m comprimento, demais acessórios respiratórios excluídos e fornecidos separadamente a preço extra, pintado à cor azul, preparado para alimentar um portador de equipamentos de proteção respiratória.

MÁSCARA PROTEÇÃO RESPIRATÓRIA

Máscara facial pressão positiva, viseira panorâmica com válvula de chamada, para utilizar com uma extensa gama de equipamentos para proteção respiratória; disponível em EPDM ou silicone.

LINHA AR TORNADO (T-A-LINE)

Equipamento alimentado por ar comprimido que tem por função alimentar com um fluxo constante e perfeitamente regulado dispositivos para proteção das vias respiratórias e que permite mesmo alimentar simultaneamente ferramentas pneumáticas, com as seguintes características:

Muito compacto e leve, elevado conforto, usado na anca para que não prejudique os movimentos;

Compensação automática das solicitações de ar, mantendo um fluxo otimizado para alimentação dos equipamentos para proteção das vias respiratórias;

Sinalizador acústico de fluxo baixo, perfeitamente audível;

Saída auxiliar para alimentação de ferramentas;

Filtro de odores e de óleo integrado, para aumentar o conforto do utilizador;

Sinalizador ótico de contaminação do ar da alimentação com óleo;

Completamente ajustável para permitir o seu uso na anca esquerda ou direita;

Opção de unidades filtrantes para 1 ou 2 utilizadores;

MANGUEIRAS ALIMENTAÇÃO T-A-LINE

HOSE/PVC/3M Mangueira PVC, 3 m comprimento com uniões CEJ;

HOSE/PVC/10M Mangueira PVC, 6 m comprimento com uniões CEJ;

UNIDADES FILTRANTES

Para filtragem do ar destinado a alimentar a T-A-Line, conferindo-lhe propriedades respiratórias conforme definido na EN12021. Integram filtro substituível para retenção de óleos, partículas e expurgar odores. Não filtram CO – monóxido carbono.

São intercalados em linhas de ar comprimido industriais constituídas por uma mangueira alimentada a partir de uma picagem. Recorrendo a outra mangueira, do tipo e comprimento adequado, alimentam depois a T-A-Line.

Dois tipos distintos:

AFU 300 – 1 utilizador
AFU 600 – 2 utilizadores em simultâneo.

PEÇA PARA PROTEÇÃO DAS VIAS RESPIRATÓRIAS

Opção de diferentes equipamentos para proteção da cabeça e vias respiratórias em função das aplicações:

T-1 (Proteção Respiratória) – ½ capuz, muito leve, em PU revestido a nylon, opção de 2 tamanhos para melhor adaptação, vedante na zona da face.

T-2 (Proteção Respiratória) – Capuz completo, muito leve, com cordão para aperto no pescoço, elevado fator de proteção, permite o uso com óculos de correção ou barba, em PU revestido a nylon.

T-3 (Proteção Respiratória, Proteção Vista) – Viseira contra impactos em Acetato ou Policarbonato, grande campo de visão, fluxo de ar direcional para ganhos de conforto, viseira basculante, vedação na face.

T-4 (Proteção Soldadura, Proteção Respiratória) – Fluxo ar direcional para maior conforto, viseira elevável, vedação na cara, opção de lente passiva ou eletrónica, gama completa de acessórios.

T-5 (Proteção Cabeça, Proteção Respiratoria, Proteção Vista) – Uma combinação de EPIs muito compacta, integrando um capacete de segurança Tuff Master II com sistema roquete para ajustamento ao perímetro da cabeça, opção de abafadores de ruído, viseira elevável em Acetato ou Policarbonato.

T-25 (Proteção Cabeça, Proteção Respiratoria, Proteção Vista) – Proteção integrada para ambientes com elevado risco, capa curta em hypalon com excelente resistência química, elevado fator proteção, incluindo capacete das séries Tuff Master II com ajustamento por roquete, opção de viseira em Acetato ou Policarbonato.

PROCAP WELD (Proteção Cabeça, Proteção Respiratoria, Proteção Vista, Proteção Soldadura) – Viseira proteção para soldadura elevável ou totalmente retráctil com visor secundário contra impactos, opção de lente passiva ou eletrónica, construção muito robusta para ambientes agressivos, excelente distribuição do peso para ganhos de conforto, opção de abafadores de ruído.

PROCAP (Proteção Vista, Proteção Respiratória, Proteção Vista) – Gama completa de viseiras, viseira deslizante em mono calha para garantir um perfil muito baixo, equilíbrio excecional para ganhos de conforto e permitir tempos de utilização muito prolongados, vedante da viseira inovador em todo o casco do capacete para evitar a entrada de contaminantes, mangueira com ligação rápida para conferir uma grande liberdade de movimentos.

T-9 (Proteção Respiratória) – Em Poliuretano e PVC com elevada resistência a uma vasta panóplia de produtos químicos, elevado fator de proteção, permite o uso com óculos de correção e em utilizadores com barba., facilmente descontaminável incluindo em auto claves.

T-2 A/S (Proteção Respiratória) – Em Poliuretano antiestático, fácil de descontaminar e limpar, costuras seladas para impedir a penetração de líquidos, elevado grau de proteção, permite o uso com óculos de correção e barba.
.

Adicione um comentário